domingo, 23 de agosto de 2009

A Jamaica não fica na África


É comum muita gente se confundir e pensar que a Jamaica fica na África, mas, apesar das proximidades culturais existentes entre ambos, a pequena nação insular está situada no mar do Caribe e faz parte do arquipélago das Grandes Antilhas.



Muito mais do que a terra do reggae, mais precisamente Bob Marley, e dos grandes velocistas do atletismo, como o incrível Usain Bolt, a Jamaica possui uma área de 10. 991 km² e uma extensão de 234 quilômetros de leste a oeste e 80 quilômetros de norte a sul.



A ilha está situada a cerca de 145 quilômetros ao sul de Cuba e a 190 da ilha de Hispaniola, onde se localizam o Haiti e a República Dominicana.

A Jamaica possui uma população predominantemente urbana (54%) e uma densidade demográfica de 245,66 hab./km².

Kingston, a capital jamaicana

São aproximadamente 2,7 milhões habitantes (dados de 2007) e a maior parte de sua população vive em Kingston, a capital do país, com 651.880 habitantes, sendo que outras cidades importantes são Spanish Town (131.515), Portmore (175.000) e Montego Bay (120.000).

A meu ver, os aspectos mais interessantes que caracterizam a Jamaica dizem respeito à contribuição que os diferentes povos que lá se estabeleceram deixaram para o enriquecimento da cultura local, desde os nativos aruaques (aruwak), passando por espanhóis, negros africanos (a maioria deles pertencia a culturas refinadas de países como Sudão, Somália e Etiópia), ingleses e também os imigrantes hindus.

Sem falar que esse intenso somatório de culturas propiciou o surgimento de um sincretismo religioso que tem uma certa semelhança com o brasileiro, adicionando a música ao misticismo, valores profundamente arraigados nos jamaicanos.


Paz de Jah!

11 comentários:

  1. gente caiu meu mundo kkkk
    meu amigo comentou que jamaica nao ficava na africa, e eu fui pesquisar e acabei aqui hehehe
    essa confusão é muito comum!!
    até a russia, quando vc vê que fica na ásia vc pensa, mas na ásia mesmo??? é só analisar pra perceber que não caberia em nenhum outro continente heheheh abraço

    ResponderExcluir
  2. Yara,

    Legal o que você disse e muito bacana a sua atitude de reconhecer essa confusão, que é muito mais comum do que se possa imaginar.

    Quanto à Rússia, lembre-se que este país tem terras em dois continentes: Europa e Ásia.

    Já falei sobre isso em outras oportunidades.

    http://geografiaetal.blogspot.com/2010/08/eurasia.html

    http://geografiaetal.blogspot.com/2009/08/regionalizacao-da-europa.html

    Um abração!

    ResponderExcluir
  3. Pelo estilo do povo, pensando em Jimmy Cliff, eu também pensava ser na África. E fui pesquisar. Que legal! Fica na América Central. Porém, um pedacinho da África que deve ter se desmembrado, rsrsrsrs... brincadeira hein gente!
    Legal este site.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. loko quem pensa que a jamaica fica na africa
    jamaica é um pais muito lindo no continente americano por isso que eu falo jamaica reggae tem que estar presente em nossos coraçoes amigos abraços

    ResponderExcluir
  5. Murilo,

    Essa confusão é mais comum do que você imagina.

    Apesar de também existirem países lindos na África, a Jamaica é mesmo um caso à parte.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Caramba, tbm achava q era na africa.
    Comigo aconteceu idem a yara, eu e meu colega discutimos isso e vim conferir, legal. Rsrs
    Agora nao erro mais.

    ResponderExcluir
  7. E avisa pra todo mundo também!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Além de imaginar que ficava na áfrica, eu pensava que era um país "pobre", e não com praias e prédios :o

    ResponderExcluir
  9. Sou africano de dois países (Mãe Angolana,Pai da Guiné), e actualmente estou a estudar aqui no Brasil. Jamaica é na América, e para nós africanos é uma imensa alegria ver os Jamaicanos reconhecendo a "África" como Mãe. Contrariamente, dos Brasileiros que desrespeitam e desprezam tudo que envolve a África. É incrível, Brasil um país construído em 3 séculos de escravatura negra,porém as pessoas não sabem nada no continente negro...Enfim, eu cá sinto-me como se não tivéssemos passado, e como se fossemos meros coadjuvantes numa história,cujo, os autores principais "são Brancos e Europeus"

    ResponderExcluir
  10. Caro Djibril,

    Em primeiro lugar, gostaria de agradecer por sua enriquecedora participação.

    No que se refere ao seu comentário, concordo plenamente com cada palavra por você escrita. Também lamento enormemente que muitos de meus compatriotas não valorizem nossas origens africanas, mas isso nem é culpa do povo brasileiro em si, afinal, são séculos de dominação em que a visão de uma dita superioridade europeia nos foi imposta.

    De qualquer maneira, contra a ignorância, o conhecimento. As coisas estão mudando, mesmo que timidamente. Muitos paradigmas ainda precisam ser quebrados, é verdade, mas eu, particularmente, além de ter orgulho de minha história, ao contrário de outras épocas, hoje observo que as pessoas estão se reconhecendo como indivíduos e o respeito está sendo conquistado.

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir